Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Eram os meus Avós. Os melhores do Mundo.

por Rosa ou Azul, em 26.07.16

Eu tive um Avô que me levava à pesca e assim me ensinou o significado de Paciência.

Eu tive uma Avó que me ensinou muitas orações e assim me ensinou o significado de .

Eu tive um Avô que me levou a acampar e assim me ensinou o significado de Simplicidade.

Eu tive uma Avó que me ensinou a ajudá-la em casa e assim me ensinou o significado de Entreajuda.

Eu tive um Avô que me ensinou a fazer muitas contas de cabeça e assim me ensinou o significado de Destreza.

Eu tive uma Avó que ensinou a dar valor às pequenas coisas da vida e assim me ensinou o significado de Gratidão.

Eu tive um Avô que me ensinou que devemos tratar os outros como gostamos de ser tratados e assim me ensinou o significado de Empatia e Amabilidade.

Eu tive uma Avó (duas!) a quem ligava a contar os meus segredos e assim me ensinou (ensinaram) o significado de Amizade e Confiança.

Eu tive um Avô que lutou contra vários AVCs com todas as forças e assim me ensinou o significado de Perseverança e Esperança.

Eu tive uma Avó que, apesar de não ter podido estudar mais que a 4ª classe, lia e gostava de aprender sempre mais e assim me ensinou o significado de Cultura.

Eu tive um Avô que tinha um trato único e distinto para com as pessoas e assim me ensinou o significado de Cordialidade e Cavalheirismo.

Eu tive uma Avó que me levou com ela a trabalhar no campo e assim me ensinou o significado de Esforço.

Eu tive um Avô que apesar de ter Alzheimer, me disse até aos seus últimos dias e sem me reconhecer "se precisares de alguma coisa, diz" e assim me ensinou o significado de Lealdade e Incondicionalidade para com os que amamos.

 

Eram os meus Avós. Os melhores do Mundo.

No meio dos meus defeitos, sei que herdei deles algumas qualidades.

Sei também que cumpri o meu papel de neta até ao fim dos seus dias.

E, apesar das lágrimas que não teimam em não secar, isso deixa-me FELIZ!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:34

1 ano = 10 quilos

por Rosa ou Azul, em 01.07.16

Passou um ano.

Um ano desde que fomos de férias para as ilhas gregas e, dias depois, decidimos marcar um jantar com amigos aqui em casa para partilhar as fotos, daquela que tinha sido uma viagem de sonho!!

Enquanto íamos jantando, as fotos passavam na nossa televisão de tamanho gigante e eu, incrédula, olhava para mim.

Tinha peso a perder e tinha consciência disso. Mas aquelas fotos a passar em loop, para além de me deixarem super desconfortável, foram a wake-up call que precisava.

 

Sempre fui uma pessoa magra. No entanto, quando deixei de fumar, há já 10 anos, engordei 16 quilos!

Perdi alguns [não tantos quantos queria] antes de engravidar, mas a gravidez inicou-se com um peso acima do meu "normal"!

Depois da gravidez, fui "deixando andar" até ÀQUELE dia!

 

Vistas todas as fotos das nossas fantásticas férias, foi tempo de pôr mãos à obra!
Nunca conseguiria, nunca mesmo, fazer uma dieta radical. Mas decidi retirar duas coisas da minha alimentação, quase a 100%: pão e leite. Passei a comer mais vezes fruta ao pequeno almoço, e percebi que o leite - um dos meus antigos vícios - afinal não me fazia assim tanta falta.

 

Reforcei a quantidade de água bebida diariamente e diminuí as quantidades no prato das refeições principais.

 

Não consigo acabar com doces! Chocolates são a minha perdição e não são poucas as vezes que os como.

Tento moderar, mas sou uma grande gulosa.

Para além de gulosa, tenho outras qualidades defeitos, como ser preguiçosa, portanto não sou a melhor amiga do exercício físico. Durante umas semanas ia aos "aparelhos" que há pelas ruas e levava uma corda onde fui aumentando o número de saltos diários. Actualmente, a corda já deve ter pó. Mas quero - quero mesmo - aproveitar as noites de Verão para voltar a dar-lhe uso!

Ainda assim, com algumas mudanças, consegui perder 10 quilos. (vá, em bom rigor, à data de hoje são 10,6Kg)

Não tomei nada, absolutamente nada! (não são poucas as vezes que me abordam - pessoas que conheço, evidentemente - a perguntar o que tomei!!)

 

Sinto-me muito melhor agora, mais ágil, sobretudo.

Voltei a vestir roupa que já estava arrumada há algum tempo.

Ainda preciso de perder mais uns quilinhos [mesmo!!], mas este marco dos 10kg deixa-me mesmo, mesmo, mesmo feliz!!

E agora, vou ali festejar com uns M&Ms de peanut butter, mas não digam a ninguém :)

mm.jpg

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:55

Gotinha: a mais recente amiga do Lourenço

por Rosa ou Azul, em 14.05.16

Esta gota encheu-me as medidas!

Gira, mais gira não há!

gota

 

O Lourenço tem vezes que a chama de gota, outras de ovo da Páscoa... (não está muito longe, de facto!! eheheh)

 

Podem encontrar aqui esta almofada-gota :)

 

Há outras opções igualmente giras, para o quarto dos meninos e das meninas, como por exemplo:

ALMOF1.jpg

Almofada Torre Eifel

 

ALMOF2.jpg

Almofada Nuvem

 

ALMOF4.jpg

Almofada Coelho

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:14

O calor veio para ficar?!

por Rosa ou Azul, em 26.04.16

Não sabemos!

A Primavera este ano chegou disfarçada de Inverno e não sei se acredito que o calor tenha chegado para ficar.

Ainda assim, já só penso no Verão, nos dias de sol e nos gelados a derreterem na minha mão.

E com a mudança de estação, sempre o mesmo "probleminha": as roupas que já não servem!

O Lourenço o ano passado tinha imensas t-shirts, algumas ainda do outro Verão. Cumpriram o seu propósito, e deixaram de servir, o que significa que este ano quase não há t-shirts na gaveta. Vou ter que começar a ver as novas colecções e a tratar do assunto nos próximos dias :)

 

Hoje, espreitei a La Redoute (cada vez sou mais addicted das compras on-line, meeeeesmo) e já marquei umas quantas coisas.

 

Deixo-vos as minhas preferidas! Algumas destas, vão ser nossas, de certeza!

 

Pólo azul escuro/vermelho

324490261_1_CO_1_3438828.jpgpolo

T-shirt riscas

bolso

T-shirt Indigo

indigo.jpg

T-shirt Pão de Forma

paoforma.jpg

T-shirt Cactos (Adooooooro!!)

t shirt cacto

T-shirt Le Vent en Poupe

vent

T-shirt Cão

350026189_0_PR_1_4741040.jpg

 

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:31

Passatempo Rosa ou Azul & Pipoca Azul

por Rosa ou Azul, em 12.01.16

Há frases que nos inspiram. Que nos deixam a pensar ou de sorriso nos lábios.

Há frases que nos guiam, nos ajudam a escolher trilhos.

Há frases que nos levantam quando caímos. Ou que não nos deixam cair quando fraquejamos.

Algumas delas vivem connosco toda a vida, e tiramo-las da cartola quando precisamos de nos relembrar delas.

Tenho algumas frases de estimação. Que sei de cor há muitos e muitos anos e que gosto de relembrar amiúde.

 

Uma delas é uma frase dos Monty Python: "Always look on the bright side of life". A Pipoca Azul colocou-a num quadro, que mora agora na minha sala. Adoro olhar para ele, e pensar no verdadeiro significado daquelas palavras!

 

Por isso, para marcar a vossa vida com uma frase - e até podem ser vocês a escolher a que mais gostam - vou, em conjunto com a Pipoca Azul, oferecer-vos uma madeira destas.

Podem colocar uma frase, personalizar as cores, ou até optar por colocar uma fotografia, se preferirem!!!

 

Vejam alguns exemplos, tão queridos:

pipocaazul4.jpg

pipocaazul3.jpg

pipocaazul1.jpg

pipocaazul1

 

Para se habilitarem a um quadrinho destes, só têm que:

1 - Colocar gosto nas páginas Rosa ou Azul e Pipoca Azul

2 - Fazer um comentário à foto do passatempo, na nossa página do Facebook, com o nome de 3 amigas

3 - Partilhar a foto do passatempo

(máximo 3 participações por dia, para cada pessoa)

 

Podem concorrer até 17/01. O sorteio será feito por Random.

 

Boa Sorte! ;)

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:13

pizap.com14515111802711.jpg

 

2015 está a acabar e revejo as imagens felizes dos 12 meses que passámos.

Percebo que, de facto, as coisas mais divertidas, aquelas que nos deixaram mais felizes, não têm preço.

Isso mesmo, são gratuitas!

 

Ora vejam:

 

1 - Saltar nas poças.

Há coisa melhor do que calçar umas galochas e ir fazer "chap-chap" aos saltos nas poças? Há que tirar partido dos dias de chuva :)

 

2 - Gulbenkian - Dar bolachinhas aos pombos.

Os pombos são muitos. Muitos mesmo. E assim que sentem as bolachinhas a cair no chão, aparecem de todos os lados. Um passeio giríssimo, ao Jardins da Gulbenkian, com uma actividade divertida!

 

3 - Regar flores.

No quintal da Avó, não há flor que tenha sede! Nada como integrar os miúdos nas actividades dos adultos, sobretudo quando eles gostam e ainda nos ajudam!

 

4 - Carnaval de Tintim.

Preferimos os clássicos em detrimento dos super-heróis. Fez sucesso na escola com o Milu na mão e o cabelo em pé.

É fácil deixar os miúdos felizes, sem termos que gastar muito dinheiro em fatos para usarem uma vez!

 

5 - Praia no Inverno.

Ja dissemos que adoramos praia? E não só no Verão. Adoramos, igualmente, ir a praia nos dias frios e cinzentos.

 

6 - Fazer gelados caseiros.

E fazer gelados em casa?! Saudáveis, baratos e com os cozinheiros mais queridos!

 

7 - Apanhar amoras.

Apanhámos tantas amoras este Verão. Basta ir passear ao campo para perceber que as silvas têm muitas amoras docinhas para nos oferecer! (inacreditável o preço desta maravilha no supermercado!!)

 

8 - Jogar à bola no jardim.

Esta é a actividade que mais fazemos ao longo do ano. Temos o roteiro de todos os jardins com "boa relva" para treinar os pontapés do Lourenço!

 

9 - Tocar corneta.

Deixar os miúdos fazer barulho, é do melhor que lhes podemos fazer! Cornetas, baterias e maracas. Pianos, concertinas ou harmónicas. Vale tudo!

 

Mais sugestões giras de actividades grátis que trazem sorrisos gigantes?? Venham elas!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:33

Lourenço, o que queres que o Pai Natal te traga? Ele responde: um chupa e chocolates. Eu fico feliz.

 

Nesta altura do ano, não consigo deixar de ficar chocada com o consumismo das pessoas.

Há dias na Toys R Us, vi presentes para crianças que custavam quase o que uma família normal gasta em supermercado por mês. Claro que cada um gasta o seu dinheiro onde quer, como quer e com quem quer.

Mas haverá mesmo necessidade de oferecer presentes caríssimos a crianças que, não poucas vezes, nunca mais lhes ligam depois de passada a curiosidade inicial?!

Nesta fase penso sempre que as crianças nascem "puras" e livres de qualquer espécie de consumismo.

Ok, vêem televisão. Ok, têm amigos com brinquedos. Ok, ok, ok.

Mas há necessidade de passar para as mãos das crianças um (ou dois, três, quatro) catálogos de brinquedos para que escolham o que querem pedir?!
As cartas ao Pai Natal podem ser desprovidas de bens material, boa? Podem não ter Spidermans ou 4 Barbies diferentes...

O ano passado, conforme aqui escrevi, demos ao Lourenço (apenas) um CD das suas músicas favoritas.

Em contra-partida, permitimos que vivesse muitas experiências!

 

Este ano, foi igual: andou de avião, mergulhou no mar azul das ilhas gregas. Conheceu pessoas novas, experimentou novos sabores. Conviveu com novas culturas. Aprendeu palavras novas em inglês. Andou de teleférico. Montou a cavalo pela primeira vez. Saltou em poças. Foi conhecer Salamanca. Comeu tapas como gente grande. Lambuzou-se com croissants do Careca. Viu aviões a aterrar e a levantar. Baptizou um cãozinho. Apanhou azeitona. Comeu gelados no Verão. Alimentou carpas. Tocou corneta alto e bom som. Fez muitos castelos na areia. Aproveitou as férias para matar saudades dos Avós. Alimentou cabras e ovelhas com o pão que nos sobra do dia-a-dia. Recebeu muitos beijos. Muitos abraços.

 

O ano passa e o melhor que temos para lhe dar, é dado diariamente.

Não cabe em listas, em catálogos de brinquedos. Não cabe em sacos de Pai Natal nem nos sapatinhos da chaminé.

 

"As melhores coisas da vida, não são coisas"

as-melhores-coisas-da-vida.jpg

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:29

Desafio e Passatempo: Say Cheese!

por Rosa ou Azul, em 08.12.15

A Vaca que Ri e a Mini Babybel andam à procura de 150 mil sorrrisos!


Para comemorar os seus 150 anos, a Bel (empresa que detém as marcas A Vaca que Ri e Mini Babybel) está a desafiar todas as pessoas a tirarem uma foto a sorrir, sozinhos ou em grupo, e a partilhá-las nas redes sociais ou no seu site com a hashtag #saycheesebel.

Por cada sorriso partilhado, um euro será doado à Fundação Bel, que tem como missão apoiar crianças e adolescentes, na área da nutrição.

O Lourenço já partilhou o seu sorriso :) :)

 

Assim, queremos propor-vos um desafio!!!

 

Partilhem na nossa página de facebook, como comentário ao post, uma foto vossa, ou dos vosos filhotes a sorrir e não se esqueçam de colocar #saycheesebel para doarem um euro em troca do vosso sorriso!!!

 

Vamos escolher a foto mais divertida e oferecer um cabaz de queijinhos deliciosos:

1 embalagem Vaca que Ri Standard

1 embalagem Vaca que Ri Light

1 embalagem Vaca que Ri Emmental

1 embalagem Vaca que Ri Blue Cheese

1 rede Mini Babybel Standard

1 rede Mini Babybel Light

 

Podem publicar as vossas fotos até dia 13/12.

 

Inspirem-se e ajudem esta causa! Boa?!

Say chheeeeseee!

IMG_20151208_165421438_HDR.jpg

 

(post escrito em parceria com a Bel Portugal)

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:48

Dias Difíceis

por Rosa ou Azul, em 05.12.15

Os últimos dias foram difíceis. Tristes. Cinzentos. Ocos.

Faleceu a minha Avó. A minha última Avó.

Fechou assim um ciclo, desde que perdi o meu primeiro Avô há já 15 anos, até agora, em que fiquei sem nenhum.

Sempre tive uma relação muito forte, próxima, cúmplice com os meus 4 Avós (Como aliás, já disse aquiaqui e aqui.).

Os meus Avós sempre foram dos melhores amigos que se pode ter.

Avós que mimaram, que ensinaram, que ajudaram.

Apoiaram escolhas, ampararam quedas, limparam lágrimas.

Devo-lhes tanto, que seriam precisos mais mil anos de vida, para lhes agradecer.

Sei que o tempo atenua a dor...atenua a saudade...mas não há tempo que apague o tempo que vivemos.

As lembranças meigas que guardo. Os olhares ternos que sinto ao fechar os meus olhos.

O meu coração está triste e a única certeza dos últimos dias, é que sou agora uma pessoa muito mais pobre :(

 

"As coisas vulgares que há na vida
Não deixam saudades
Só as lembranças que doem
Ou fazem sorrir"

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:34

Agora sim: Dezembro chegou e por isso, já me sinto preparada para as decorações de Natal, para pensar em presentes e planear os dias festivos.

Até agora, honestamente, ainda não estava nesse mood :)

Este ano, para além dos habituais presentes - apenas para pessoas mais chegadas - vou comprar alguns aqui para casa.

Todos precisamos mudar o look de vez em quando, e sinto que a minha casa está a pedir um "Extreme Make Over"! A decoração que temos é a mesma há já alguns anos, e está na hora de mudar alguns pormenores que poderão conferir-lhe um ar mais cosy!

 

Vejam algumas peças tão giras da La Redoute que tenho debaixo de olho!

(algumas delas estão com descontos óptimos)

 

1.jpg

Capas de almofada em tons cinza, aqui.

 

2.jpg

Porta revistas em metal branco, aqui.

 

3.jpg

Candeeiro suspenso branco, aqui.

4.jpg

Mantinhas para os dias frios, aqui.

 

 

5.jpg

Jarras em vidro, aqui.

 

6.jpg

Porta Velas em bambu, aqui.

 

 

 

 

 Post escrito em parceria com a La Redoute.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:41



Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D


Quantos já se perderam por aqui