Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Eram os meus Avós. Os melhores do Mundo.

por Rosa ou Azul, em 26.07.16

Eu tive um Avô que me levava à pesca e assim me ensinou o significado de Paciência.

Eu tive uma Avó que me ensinou muitas orações e assim me ensinou o significado de .

Eu tive um Avô que me levou a acampar e assim me ensinou o significado de Simplicidade.

Eu tive uma Avó que me ensinou a ajudá-la em casa e assim me ensinou o significado de Entreajuda.

Eu tive um Avô que me ensinou a fazer muitas contas de cabeça e assim me ensinou o significado de Destreza.

Eu tive uma Avó que ensinou a dar valor às pequenas coisas da vida e assim me ensinou o significado de Gratidão.

Eu tive um Avô que me ensinou que devemos tratar os outros como gostamos de ser tratados e assim me ensinou o significado de Empatia e Amabilidade.

Eu tive uma Avó (duas!) a quem ligava a contar os meus segredos e assim me ensinou (ensinaram) o significado de Amizade e Confiança.

Eu tive um Avô que lutou contra vários AVCs com todas as forças e assim me ensinou o significado de Perseverança e Esperança.

Eu tive uma Avó que, apesar de não ter podido estudar mais que a 4ª classe, lia e gostava de aprender sempre mais e assim me ensinou o significado de Cultura.

Eu tive um Avô que tinha um trato único e distinto para com as pessoas e assim me ensinou o significado de Cordialidade e Cavalheirismo.

Eu tive uma Avó que me levou com ela a trabalhar no campo e assim me ensinou o significado de Esforço.

Eu tive um Avô que apesar de ter Alzheimer, me disse até aos seus últimos dias e sem me reconhecer "se precisares de alguma coisa, diz" e assim me ensinou o significado de Lealdade e Incondicionalidade para com os que amamos.

 

Eram os meus Avós. Os melhores do Mundo.

No meio dos meus defeitos, sei que herdei deles algumas qualidades.

Sei também que cumpri o meu papel de neta até ao fim dos seus dias.

E, apesar das lágrimas que não teimam em não secar, isso deixa-me FELIZ!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:34

1 ano = 10 quilos

por Rosa ou Azul, em 01.07.16

Passou um ano.

Um ano desde que fomos de férias para as ilhas gregas e, dias depois, decidimos marcar um jantar com amigos aqui em casa para partilhar as fotos, daquela que tinha sido uma viagem de sonho!!

Enquanto íamos jantando, as fotos passavam na nossa televisão de tamanho gigante e eu, incrédula, olhava para mim.

Tinha peso a perder e tinha consciência disso. Mas aquelas fotos a passar em loop, para além de me deixarem super desconfortável, foram a wake-up call que precisava.

 

Sempre fui uma pessoa magra. No entanto, quando deixei de fumar, há já 10 anos, engordei 16 quilos!

Perdi alguns [não tantos quantos queria] antes de engravidar, mas a gravidez inicou-se com um peso acima do meu "normal"!

Depois da gravidez, fui "deixando andar" até ÀQUELE dia!

 

Vistas todas as fotos das nossas fantásticas férias, foi tempo de pôr mãos à obra!
Nunca conseguiria, nunca mesmo, fazer uma dieta radical. Mas decidi retirar duas coisas da minha alimentação, quase a 100%: pão e leite. Passei a comer mais vezes fruta ao pequeno almoço, e percebi que o leite - um dos meus antigos vícios - afinal não me fazia assim tanta falta.

 

Reforcei a quantidade de água bebida diariamente e diminuí as quantidades no prato das refeições principais.

 

Não consigo acabar com doces! Chocolates são a minha perdição e não são poucas as vezes que os como.

Tento moderar, mas sou uma grande gulosa.

Para além de gulosa, tenho outras qualidades defeitos, como ser preguiçosa, portanto não sou a melhor amiga do exercício físico. Durante umas semanas ia aos "aparelhos" que há pelas ruas e levava uma corda onde fui aumentando o número de saltos diários. Actualmente, a corda já deve ter pó. Mas quero - quero mesmo - aproveitar as noites de Verão para voltar a dar-lhe uso!

Ainda assim, com algumas mudanças, consegui perder 10 quilos. (vá, em bom rigor, à data de hoje são 10,6Kg)

Não tomei nada, absolutamente nada! (não são poucas as vezes que me abordam - pessoas que conheço, evidentemente - a perguntar o que tomei!!)

 

Sinto-me muito melhor agora, mais ágil, sobretudo.

Voltei a vestir roupa que já estava arrumada há algum tempo.

Ainda preciso de perder mais uns quilinhos [mesmo!!], mas este marco dos 10kg deixa-me mesmo, mesmo, mesmo feliz!!

E agora, vou ali festejar com uns M&Ms de peanut butter, mas não digam a ninguém :)

mm.jpg

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:55



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D


Quantos já se perderam por aqui