Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




1º Dia no Infantário

por Rosa ou Azul, em 15.05.12

Lourenço 1 - Mãe e Pai 0

 

Eram quase 8h estávamos os três a entrar naquela porta, que nos vai ver entrar e sair tantas vezes.

Mas esta era diferente. Era a primeira. A mais dolorosa de todas.

O Lourenço, que nunca estranha ninguém, chorou logo assim que a senhora que nos recebeu "se meteu com ele"!

E o meu coração começou a ficar pequenino...pequenino.

Segundos depois, a coisa aliviou, e eu achei por bem sairmos naquele momento, e não prolongar aquele sofrimento, que no fundo é mais nosso, do que dele propriamente.

O F. foi buscá-lo às 11h30m (nos primeiros dias, ficará apenas de manhã). O relatório foi que chorou um pouco de manhã, depois dormiu, bebeu leitinho, e dormiu de novo. Quando o Pai chegou, ele dormia descansado.

 

O saldo foi positivo. Para ele.

Para nós, foi terrível. Um vazio no coração, uma dor enorme....por não sabermos o que está a fazer, se estará bem, ou mal, ou com frio, ou com fome...

Ou se simplesmente precisa de mimo, e não tem lá quem tão bem o mima!

 

Amanhã custará menos.

Espero eu!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:27


2 comentários

Sem imagem de perfil

De EIMV a 16.05.2012 às 09:46

Esses foram os meus piores dias. Sei que para a minha filha foi dificil também (chorou o tempo todo no primeiro dia). Eu não consegui sair com o carro da frente da creche, não fosse alguém chamar.
Passou. Hoje ela adora quando lhe digo que vai para a creche, diz logo que quer ir. E, quando a deixo, corre logo para a sala, dando beijinhos e acenando, sempre com um olho naquilo que se passa na sala. ;)
Boa sorte!
Imagem de perfil

De Rosa ou Azul a 16.05.2012 às 17:46

Custa tanto....bolas!
O Lourenço, segundo a informação que nos dão, tem chorado só no início do dia. Depois tem dormido quase o tempo todo (ainda só foi durante as manhãs). O facto de ele dormir, faz-me pensar que se sente tranquilo...e deixa-me um pouquinho mais descansada.
Ai, coração de mãe é mesmo assim, não é?

Um beijinho!

Comentar post




Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D


Quantos já se perderam por aqui