Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Novidades Avon

por Rosa ou Azul, em 20.10.16

Fui convidada para ir ontem visitar o Showroom da AVON, ao International Design Hotel (espreitem, é giríssimo!).

Vim de lá com a sensação boa de quem é agradavelmente surpreendida!

saia.jpg

 
A ideia que se pode ter de que a AVON se resume à linha de cosmética, não podia estar mais longe da verdade. A AVON tem uma linha giríssima de roupa glitter (LIKEEE!), pijamas coloridos para miúdos traquinas, brincos, relógios, acessórios de Natal, jeans, e muito mais...para além dos produtos que já conhecemos tão bem, como bases, máscaras, gel de banho, cremes, perfumes, dos quais sou fã já há muito!

pijamas.jpg

 

A gama de cosmética prima pela qualidade e variedade: destaco a nova de colecção de batons, que tem imensas cores giras, assim como a gama de sombras, que adorei!

sombras1.jpg

sombras2.jpg

 
Por fim, um destaque especial para um perfume que, com toda a certeza, será a estrela da estação - LIFE, resultante de uma parceria com Kenzo Takada. O cheirinho é maravilhoso e há fragrâncias para Ele e para Ela.

Obrigada Avon, pelo convite, e pelo fim de tarde divertido.

Descubram a colecção, vão adorar! :)

unnamed.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:42

Um dia, noutro blog, escrevi este texto.

Hoje, não sei bem a que propósito, lembrei-me dele.

Li-o, reli-o.

Reli-o com mais atenção, até o coração ficar muito, muito apertado de saudades!

 

A minha rua

Até vir estudar para Lisboa, morei na "terrinha"!

Nasci e cresci numa rua. Não numa avenida, nem numa praceta, como aqueles que cresceram na cidade.

Nessa rua, as crianças brincavam sozinhas, sem medos de raptos, atropelamentos, ou roubos.

Não era necessário o olhar constante de um adulto.

Brincávamos ao elástico, às escondidas e à Mamã-dá-licença.

Os carros passavam devagar.

Nessa rua, éramos felizes. Todos!

 

Os vizinhos eram quase família (alguns eram mesmo primos!), daqueles a quem vamos mostrar os sapatos novos, assim que os compramos.

Nessa rua, podíamos ir pedir cebolas ou azeite, quando não tínhamos. E que mal tinha?

Nessa rua, os carros eram estacionados à porta dos respectivos donos, sem preocupações de parquímetros ou falta de estacionamento.

Nessa rua, éramos felizes. Todos!

 

Nessa rua esfolei joelhos, braços e canelas.

Caí e levantei-me. Chorei e ri. Aprendi a andar, a correr, a saltar.

Nessa rua fiz amigos que mantenho hoje, e hei-de manter para sempre, concerteza.

Nessa rua havia crianças felizes. Que iam a festas de anos umas das outras. Que faziam barulho, a brincar e a "brigar".

Nessa rua, éramos felizes. Todos!

 

Depois dessa rua, já morei em tantas outras....Tantas!

 

Mas essa rua, é para mim "A" rua!

Aquela que, há-de ser sempre minha de alguma maneira e que guardo com muito carinho numa caixinha de memórias, dentro do meu coração!

 

(e a rua lá continua, mas....não é a mesma coisa....)

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:36

Eu e o Lourenço aproveitámos o sol que brilhou esta tarde, e o facto do Pai estar a trabalhar, para irmos passear a pé!

Fomos ao mini-mercado, aos correios, ao parque e ver porquinhos e ovelhas, aqui perto de casa.

No caminho para casa, passámos por uma hortinha que tem uns espantalhos muito sui generis (mas que impressionam um bocadiiiiiinho).

Pois bem, nesta horta os espantalhos não têm chapéus de palha, nem camisas largas.

Não têm corpo de vassoura nem mãos abertas ao vento!

Os espantalhos são bonecos. Bebés!!! Carecas, alguns vestidos, outros nus, como vieram a este mundo da bonecada!

Pendurados em canas, com ar de pouca vitalidade!

 

Sou só eu que acho sinistro?

:)

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:52

Mapa Mundo - Decorações

por Rosa ou Azul, em 05.04.14

Adoro decorações com o Mapa Mundo.

 

Vejam estas! LINDAS!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:48

Sombras

por Rosa ou Azul, em 03.03.14

Sou uma nostálgica! Sou, pois!
Mas, estas sombras deixam-me saudades de algumas noites de criança, na cama dos meus pais!!!
Quem gosta?!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:00

Nostalgia

por Rosa ou Azul, em 10.02.14
De vez em quando, bate-me uma saudade imensa da infância.
Uma nostalgia, em forma de aperto no peito, e uma saudade gigante de tempos tão bons que sei que não voltam!
Hoje, lembrei-me destes livros, que os meus pais me compravam num café, com venda de revistas, pertinho de casa. Era só riscar e apareciam desenhos!! O máximo...

Quem é que também foi feliz a riscar???

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:53

A mesma música, ouvida 20 anos depois...

por Rosa ou Azul, em 27.11.13

Apercebi-me há dias, de como pode ser tão diferente, ouvir a mesma música hoje, com mais de 30 anos, ou há 20 anos atrás.

Naquele tempo, numa adolescência longíqua (mas pouco...!) todas as músicas pareciam encaixar na perfeição nos amores e desamores da idade.

Hoje, as mesmas músicas, são ouvidas de outra forma tão, mas tão diferente. Atentamos às letras, mas não as empolamos como outrora.

Ora vejamos....recordemos as músicas dos anos 90, que ouvíamos nas festas de garagem, nas matinés das discotecas no final do período lectivo ou em festas de anos de amigos.

 

Soul Asylum "...Runaway train never going back, Wrong way on a one way track..."

Como a ouvia há 20 anos [ai, 20?? bolas, passou rápido!]: O meu ex-namorado foi-se embora, para nunca mais voltar, eu vou em sentido contrário nesta vida... (e depois chorava de desgosto)

Como a ouço agora (quanta lucidez!): Comboio de fuga, nunca mais voltará, em sentido contrário numa estrada de sentido único... (ok, ok, música banal...)

 

Roxette "...It must have been love but it's over now, It must have been good but I lost it somehow..."

Como a ouvia há 20 anos: Deve ter sido amor, mas acabou. Porquê??? Porquê??? Porquê???

Como a ouço agora: Deve ter sido amor, mas agora acabou, Deve ter sido bom, mas de alguma forma eu o perdi. Ok, pronto. Foi assim...! Temos pena...

 

Mariah Carey "...There's a hero, if you look inside your heart. You don't have to be afraid of what you are"

Como a ouvia há 20 anos: Há um herói, se olhares para dentro do teu coração. Pois há! É ele, é ele, é ele!!! (apaixonadíssima!)

Como a ouço agora: Há um herói, se olhares para dentro do teu coração. Pois há, sou eu própria. Mais umas quantas pessoas que conheço ;)

 

Pear Jam "...Can't find a better man..."

Como a ouvia há 20 anos: Não consigo achar um homem melhor...pois não...e agora???

Como a ouço agora: Não consigo achar melhor, nem pior. Afinal os homens são todos iguais, não é verdade?!?! (excepção feita para ti, querido F.!!!!!)

 

The Corrs "...What can I do to make you love me, What can I do to make you care..."

Como a ouvia há 20 anos: O que posso fazer para gostares de mim? Diz lá. Faz uma lista. Sou toda ouvidos.

Como a ouço agora: O que posso fazer para gostares de mim? O que posso fazer para te preocupares? Não dá para...ser só eu?! Ora...!

 

 

 

Também sentiam as músicas, desta forma intensa?

Como se fossem feitas para nós, e nos caíssem que nem uma luva?

:)

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:31

Que sooooono!

por Rosa ou Azul, em 29.10.13

Faço uma vénia, tiro o chapéu e mando uma salva de palmas para as pessoas que se levantam ao primeiro toque do despertador.
Contem-me lá...isso aprende-se ou sempre foram assim?!
Eu, sou a melhor amiga do "Snooze"!!

Bom Dia! [por aqui, ensonado!!!!!]

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:22

Da viagem.

por Rosa ou Azul, em 21.10.13

Em 2011, fiz uma viagem sozinha.

Pouco antes de engravidar, senti que precisava de sair sozinha. Testar limites e encontrar-me.

Marquei hotel, comprei as passagens aéreas. Expliquei a quem achava que devia, que precisava de ir. Simplesmente ir.

Assim foi... Assim fui...

E foi tão bom. Ter uma oportunidade de fazer um reset de tudo e estar comigo própria. Soube-me pela vida.

Aconselho TANTO uma viagem destas. Acaba por ser uma viagem espiritual, independentemente do destino.

Lá, em Barcelona, no último dia, resumi a viagem ao centro do meu "eu", assim:

 

Em Barcelona...

 

Ri, mas também chorei.

Tive saudades. Mas também as vou levar.

Cansei. E descansei.

Corri. Caí. Parei.

Cantei alto. E ri sem vergonha.

Houve momentos em que até dancei na rua.

Sentei-me na praia a ver o mar. E a respirá-lo.

Observei pessoas. Sítios. Costumes.

Provei sabores. Senti novos cheiros.

Caminhei sem saber para onde.

Sem destino. Sem horário. Sem pressa.

Sorri a desconhecidos.

Percebi que preciso de pouco para ser feliz.

Menos ainda para sorrir.

Testei os meus limites.

Tive medo. Tive sono. Por vezes, tive frio.

Tive momentos em que não pensei em nada. Outros tive, em que pensei em tudo.

Descobri novos lugares. E descobri-me a mim própria.

Perdi-me e encontrei-me.

De cima, vi a cidade e o mar.

De baixo, vi a montanha.

Subi a Montjuic. Desci a Port Vell.

Subi ao Parque Guell. Desci a Barceloneta.

Caminhei por ruas estreitas.

Bairros de pescadores. Travessas medievais.

Também por ruas largas. Imponentes e monumentais.

Fotografei. Cores. Sorrisos. Pessoas.

O verde. O azul. O branco.

Gaudí. Miró.

 

SONHEI!

 

Impossível sair daqui igual.

Vou Melhor. Maior. Mais rica.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:20

Itália - Mio Amore

por Rosa ou Azul, em 26.09.13

Ontem, ao ouvir uma música de Eros Ramazzotti na M80 (é muito retro, ouvir M80? ups...!), recordei uma conversa que tive há dias com uma amiga.

Falavamos de Itália. E eu dizia-lhe que, para mim, Itália tem tudo em bom!

Até irrita - no bom sentido, se é que há um bom sentido para o verbo irritar!

 

Itália é linda!

Tem cidades fantásticas. Só conheço Roma, que achei encantadora, principalmente pela fusão da História com a vida cosmopolita.

Mas ainda há Florença, Milão, Veneza, Nápoles, Bolonha, Capri, toda uma costa deslumbrante.

Depois, a comida. Come-se tão bem em Itália. As pizzas, as pastas, os gelados - aiiii, os gelados! Não há como sair de um restaurante sem gostar. E o molho pesto? Adooooooro!

E acrescentamos as pessoas! Elas e eles. Giros, morenos, ar latino e cheirosinho!

E a língua? O italiano embala-me... A forma como se cantam as palavras é fantástica, e até a dizer Trapattoni, o encanto e a melodia estão lá! :)

E o Lasciatemi Cantare, do Toto Cotugno? Quem nunca cantarolou? Os meus pais adoram! (me too!)

Até o meu filme preferido - A Vida é Bela - tem realizador italiano!

 

Sou super fã de Itália, mesmo, mesmo, mesmo!

 

E um dos meus sonhos é conhecê-la melhor.

A curto prazo, se faz favor!!!! :)

 

 

(Na foto, o Monumento a Vitor Emanuel II em Março/2011, iluminado com as cores da bandeira, no âmbito da comemoração dos 150 anos da Unificação de Itália.)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:39



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D


Quantos já se perderam por aqui